treinamento2

O treinamento proporcionou uma oportunidade para especialistas em desenvolvimento agrícola da Argélia, Cazaquistão, Quirguistão, Marrocos, Sudão, Tunísia, Turquia e Uzbequistão melhorarem suas capacidades e se familiarizarem com a comprovada solução de sucesso, plataforma ARDNA, representando Rede Virtual de Extensão e Pesquisa e Comunicação. visava melhorar a troca de informação e conhecimento entre os praticantes agrícolas.

A plataforma virtual ARDNA oferece um espaço de fácil utilização para troca rápida e oportunidades de trabalho colaborativo entre pesquisadores, consultores agrícolas e pequenos produtores e suas organizações. O ARDNA recebeu o prêmio de Melhor Inovação durante a SIAM (Sociedade de Matemática Industrial e Aplicada 2014) e numerosas instituições de todo o país se beneficiaram dessa rede. Elas representam instituições de treinamento e pesquisa agrícolas, câmaras agrícolas e federações agrícolas interprofissionais, como bem como organizações de produtores (associações, cooperativas, etc.), pequenos agricultores e todas as estruturas centrais do Departamento de Agricultura.

Esta nova estratégia do Ministério da Agricultura e Pescas do Reino de Marrocos (MAPM), através do Plano Marrocos Verde (PMV), visa desenvolver as potencialidades agrícolas totais territoriais, adoptando uma abordagem de cadeia de valor. A implementação desta visão estratégica depende de novas habilidades e novas plataformas poderosas e inovadoras, como redes de informação e comunicação. Assim, o MAPM, por meio da Diretoria de Educação, Treinamento e Pesquisa (DEFR), solicitou o apoio da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) para a criação de uma Rede Virtual de Consultoria, Pesquisa e Comunicação de Apoio para acompanhar a implementação de o PMV.

O treinamento também facilitou o estabelecimento de uma plataforma sistemática mais ampla para o intercâmbio e transferência de conhecimento entre regiões Sul-Sul, responsivos às prioridades nacionais de desenvolvimento nos respectivos países. Os países podem ainda considerar iniciativas de parceria para alavancar o potencial das plataformas de intercâmbio de conhecimento para melhorar o setor agrícola e aumentar a oportunidade de criação de empregos na agricultura, de modo a maximizar os benefícios dos países da Iniciativa de Parceria SSTC-ADFS.

A transferência da experiência bem-sucedida parecia ser uma das formas mais eficazes de resolver os problemas enfrentados pelo setor agrícola. A troca de conhecimento Sul-Sul pode ser parte da solução para a falta de informação, capacitação de cientistas e profissionais, bem como facilitar o aumento de soluções bem-sucedidas.

Para maiores informações: